Região

Viçosa agenda reunião para discutir regras mais rígidas na Onda Vermelha do ‘Minas Consciente’

Além disso, a Administração divulgou que até a data do encontro do Centro de Operação de Emergência em Saúde (Coes) de Viçosa, o comércio seguirá as normativas anteriores do Executivo. Anteriormente, o município também estava na Onda Vermelha, no entanto, foi enquadrado nesta atualização nas regiões que não podem abrir salões de beleza, clubes e outros.

  • Leia mais: Salões, clubes e academias não podem mais funcionar na Onda Vermelha em duas macrorregiões da Zona da Mata e Vertentes

Quando um município opta por estar dentro do programa do Estado ele precisa seguir as regras, caso contrário corre risco de sofrer alguma penalidade do Governo Estadual. O G1 entrou em contato com o órgão para saber a situação de Viçosa e o mesmo enviou uma nota. Veja abaixo na íntegra.

“No que se refere à onda vermelha do plano Minas Consciente, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) esclarece que apenas a onda roxa é de caráter impositivo. Com relação às demais ondas, cabe aos gestores municipais aplicar as orientações contidas no plano. Vale ressaltar que, para a segurança da população, o Minas Consciente orienta sempre a adoção de medidas mais restritivas”.

Conforme o Estado, a combinação dos indicadores Incidência e Espera por Atendimento resulta na classificação dos cenários, que podem variar: Epidemiológico Desfavorável, Assistencial Desfavorável ou Assistencial e Epidemiológico Desfavorável.

A partir de domingo, as medidas abaixo passam a vigorar em todos esses cenários nas macrorregiões Triângulo do Sul, Sul, Oeste, Leste do Sul e Centro-Sul:

  • Proibição de eventos, de atrativos culturais e naturais;
  • Proibição de academias, clubes e salões de beleza;
  • Alimentação em Bares e Restaurantes – limitados até as 19h; após este horário, apenas delivery, sem retirada em balcão.

O secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, afirmou que as medidas na Onda Vermelha são somadas à abertura de leitos, transferência de pacientes e às forças-tarefas que têm percorrido Minas Gerais, com monitoramento e orientações técnicas aos gestores locais para enfrentamento à pandemia.

“A Prefeitura de Viçosa informa que está acompanhando atentamente as novas deliberações do plano Minas Consciente para a Macrorregião Leste do Sul. Após o anúncio das modificações na Onda Vermelha do programa, o município abriu consulta no Governo de Minas para averiguar os critérios para as mudanças e se as regras serão de fato aplicadas.
O pedido de informações se deve à intensa movimentação em várias cidades em todo o estado após a última deliberação, tendo algumas delas optado até pela saída do Minas Consciente. Por este motivo, a Prefeitura de Viçosa irá aguardar o Governo de Minas sobre a concretização das novas determinações e agendou uma reunião do COES Municipal para segunda-feira, dia 7 de junho. Até lá, o funcionamento do comércio local segue a normativa estabelecida nos Decretos 5.630, 5.631 e 5.632/2021.
A Administração Municipal reforça à população a necessidade do distanciamento, uso de máscara e álcool em gel e cumprimento de todas as medidas de isolamento que podem evitar o contágio da Covid-19. Apesar da microrregião de Viçosa possuir taxas de positividade, óbitos e ocupação nos leitos abaixo da média da Macrorregião Leste do Sul, a Secretaria de Saúde e o Setor de Vigilância Epidemiológica observam aumento nos novos casos. O apoio da população é fundamental para o combate ao Coronavírus”.

VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campo das Vertentes


Fonte: G1 – Zona da Mata

Portal G1

Portal de Notícias da Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo