Região

Trânsito intenso nas rodovias mineiras na volta do recesso de Ano-Novo

Maiores retenções foram registradas até agora, pela PRF, na BR-381, na altura da cidade de Sabará, e na BR-040, na chegada de Brasília

Longas filas de veículos, impaciência, imprudência, chuva forte e até um feminicídio, seguido de um suicídio, estão ajudando a transformar a volta do feriado de Ano-Novo, neste domingo (3), em um teste de paciência para os motoristas que trafegavam pelas principais rodovias que cortam Minas Gerais, sobretudo para àqueles que seguem sentido Belo Horizonte.

Na BR-381, a chamada Rodovia da Morte, na altura da cidade de Sabará, na região metropolitana, e na BR-040, na chegada de Brasília, foram registradas as situações mais complicadas, com fluxo intenso de veículos e longos congestionamentos, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Até o fim da tarde, em função do grande volume de veículos, havia engarrafamentos enormes e muita lentidão no trânsito na Rodovia Fernão Dias, sentido capital, nos municípios de Ribeirão das Neves, Santa Luiza e Caeté. Contudo, de acordo com a PRF, não foram registrados acidentes nesses trechos até o momento.

Segundo o inspetor Aristides Júnior, porta-voz da PRF em Minas Gerais, como neste feriado o Natal e o Réveillon foram emendados, ao contrário do que aconteceu no ano anterior, já era esperado que o retorno do recesso de fim de ano tivesse o acúmulo de veículos nas rodovias federais.

Contudo, como a operação da PRF nas estradas federais acontece até a meia-noite deste domingo (3), o balanço oficial de ocorrências somente será divulgado pela corporação no fim da tarde desta segunda-feira (4). “Mas, mais uma vez, os maiores congestionamentos continuam sendo registrados na BR-381, uma das rodovias mais usadas para a chegada à capital, mas a única que não é duplicada”, salientou Júnior.

Para aqueles que estão na estrada e para as pessoas que ainda vão voltar de viagem, a orientação do inspetor da PRF é redobrar a atenção, além de ter paciência e muita calma.

“As pessoas aproveitaram bastante o recesso, agora, o momento é de ter paciência, atenção e calma na volta para casa. É preciso controlar o imediatismo e não fazer nenhum tipo de manobra imprudente. Caso esteja chovendo, reduza a velocidade do veículo. Não faça ultrapassagens proibidas ou trafegue pelo acostamento”, orientou Júnior.




Fonte: Fonte: Jornal O Tempo

Mais

Jornal O Tempo

No mercado nacional de jornais impressos desde 1996, diariamente o jornal O TEMPO apresenta Minas, o Brasil e o mundo em uma cobertura de forte compromisso No mercado nacional de jornais impressos desde 1996, diariamente o jornal O TEMPO apresenta Minas, o Brasil e o mundo em uma cobertura de forte compromisso com o interesse do leitor. O periódico é composto por editorias que percorrem os diversos fatos do cotidiano da população, além de um conjunto de cadernos voltados para segmentos como turismo, automóveis, emprego e moda. Esse canal é feito para entrar em contato com você. Conecte-se a gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Entrar

Ou com Nome de Usuário

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Esqueceu a senha?

Digite os dados da sua conta e você receberá um link para resetar sua senha.

Seu link para resetar senha está expirado ou é inválido.

Entrar

Política de Privacidade

Adicionar à Coleção

Não Há Coleções

Aqui você vai encontrar todas as coleções que você criou antes.