Região

Rubens Bomtempo (PSB) vence o 2º turno para a Prefeitura de Petrópolis, mas eleição está sub judice

O candidato Rubens Bomtempo (PSB) teve a maioria dos votos no segundo turno das eleições em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, neste domingo (29). Ele, no entanto, está sub judice e aguarda decisão da Justiça Eleitoral para ter a confirmação se será ou não o prefeito para os próximos quatro anos.

Ao fim da apuração, ele teve 55,18% dos votos (64.907). Já Bernardo Rossi teve 44, 82% dos votos válidos (52.727). Foram 154.531 votos no total.

2 de 4 Rubens Bomtempo teve a maioria dos votos no segundo turno das eleições 2020 em Petrópolis. Ele está ao lado do vice-prefeito, Paulo Mustrangi — Foto: Lucas Machado/G1

Rubens Bomtempo teve a maioria dos votos no segundo turno das eleições 2020 em Petrópolis. Ele está ao lado do vice-prefeito, Paulo Mustrangi — Foto: Lucas Machado/G1

Foram 9.058 (5,86%) votos em branco, 27.839 (18,02%) nulos e 85.621 (35,65%) abstenções.

“Eu acho que ficou claro na conversa que a gente fez com o povo. O povo quer melhorar a Saúde. O povo sabe que quando eu fui prefeito os postos de saúde tinham remédios, médicos, o Alcides Carneiro precisa funcionar, porque do jeito que tá, tá muito difícil, colocando em risco a vida das pessoas. E a questão do emprego na cidade, né. A gente sabe que a esperança hoje em dia no país é o emprego. E a gente precisa trabalhar essa questão do desenvolvimento econômico junto ao desenvolvimento social, e a gente não abre mão dessa pauta “, declarou Rubens Bomtempo.

3 de 4 Após vitória de Rubens Bomtempo nas urnas, apoiadores se aglomeraram na Praça da Liberdade, no Centro de Petrópolis — Foto: Lucas Machado/G1

Após vitória de Rubens Bomtempo nas urnas, apoiadores se aglomeraram na Praça da Liberdade, no Centro de Petrópolis — Foto: Lucas Machado/G1

O médico Rubens Bomtempo tem 58 anos e é casado. Caso assuma à Prefeitura após análise da Justiça, Bomtempo cumprirá o quarto mandato.

4 de 4 Rubens Bomtempo e seus apoiadores comemoram o resultado da eleição em Petrópolis — Foto: Lucas Machado/G1

Rubens Bomtempo e seus apoiadores comemoram o resultado da eleição em Petrópolis — Foto: Lucas Machado/G1

Ele declarou ao TSE um patrimônio de R$ 77.536,22. O vice-prefeito é Paulo Mustrangi, do Solidariedade, que tem 60 anos.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) poderá haver a realização de novas eleições para prefeito no caso de o Tribunal Superior Eleitoral manter o indeferimento do pedido de registro do candidato mais votado em Petrópolis, Campos dos Goytacazes, Carapebus, Duque de Caxias, Magé, Paraíba do Sul, Silva Jardim, Varre-Sai e Volta Redonda. Nesses nove municípios, ainda segundo o TRE, os candidatos concorreram na condição de sub judice (indeferido com recurso) e aguardam o julgamento do recurso.

Candidatos sub judice somente poderão ser proclamados eleitos após a decisão do Tribunal Superior Eleitoral.


Fonte: G1 – Região Serrana – RJ

Mais

Redação

Criado em 2003, o Portal Legalzona é um dos primeiros Portais de Notícias da Região. Foi o primeiro a ter integrações com a web 2.0 permitindo a seus usuários criarem redes sociais em suas páginas. Em 2004 o Portal Legalzona fez a primeira "live" da região e uma das primeiras do Brasil, transmitindo ao vivo o Carnaval de Itaocara naquele ano. Hoje o Portal Legalzona está na sua versão beta21 que integra vários sites de notícias da região em um único Portal e assim que relançado oficialmente contará com recursos incríveis e muita interatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Entrar

Ou com Nome de Usuário

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Esqueceu a senha?

Digite os dados da sua conta e você receberá um link para resetar sua senha.

Seu link para resetar senha está expirado ou é inválido.

Entrar

Política de Privacidade

Adicionar à Coleção

Não Há Coleções

Aqui você vai encontrar todas as coleções que você criou antes.