Região

Profissionais de saúde de BH começarão a ser treinados nesta semana para vacina

Num primeiro momento, eles serão instruídos quanto à inserção de dados no sistema do governo federal

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) vai iniciar nesta quinta-feira (14) o treinamento de profissionais de saúde que trabalharão na campanha de vacinação contra o coronavírus. Conforme esclareceu o Executivo, nesse primeiro momento, a intenção é capacitá-los à inserção de dados no sistema do Ministério da Saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde solicitou que alguns dos hospitais da cidade enviassem o nome de 20 profissionais de cada unidade que farão aplicação das vacinas para que eles sejam treinados, segundo uma coordenadora de pessoal de um hospital do Estado que opera na capital.

De acordo com um e-mail enviado pela PBH aos gestores dos hospitais, o qual O TEMPO teve acesso, o módulo do Sistema do Programa Nacional de Imunização deverá conter o registro de pessoas vacinadas, o controle de distribuição das vacinas, o monitoramento de eventos adversos pós-vacina, entre outras informações.

Conforme a mensagem, a PBH considera “urgente” deixar os profissionais de sobreaviso e preparados para o momento que as doses começarem a chegar às unidades de saúde, para não ter problemas quanto a atraso no início de vacinação da população.

Nesta terça-feira (12), o prefeito Alexandre Kalil (PSD) afirmou que a capital está preparada para iniciar imediatamente a imunização. “Nós já temos a data, 24 horas depois que a vacina chegar. Só preciso da vacina, não preciso de mais nada. (…) Entregando a vacina, 24 horas depois BH vai vacinar”, declarou o mandatário em entrevista à rádio CBN.

Apesar de chamar a vacina de “tartaruga”, devido à demora em sua aprovação, o prefeito destacou que possui seringas para toda a população. “Temos essa quantidade até superior de seringas. Estão estocadas e guardadas na Secretaria de Saúde”, disse.

A reportagem solicitou junto à Secretaria Municipal de Saúde esclarecimentos sobre como se dá essa capacidade de a prefeitura imunizar a população de forma eficaz. Também pedimos mais dados sobre como será esse passo a passo da capacitação dos profissionais, porém, ainda não obtivemos retorno.

Lembrando que em dezembro do ano passado Kalil se reuniu com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e formalizou a compra de doses da CoronaVac, feita pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac, para imunizar os profissionais de saúde. No entanto, a vacina ainda não foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).




Fonte: Fonte: Jornal O Tempo

Mais

Jornal O Tempo

No mercado nacional de jornais impressos desde 1996, diariamente o jornal O TEMPO apresenta Minas, o Brasil e o mundo em uma cobertura de forte compromisso No mercado nacional de jornais impressos desde 1996, diariamente o jornal O TEMPO apresenta Minas, o Brasil e o mundo em uma cobertura de forte compromisso com o interesse do leitor. O periódico é composto por editorias que percorrem os diversos fatos do cotidiano da população, além de um conjunto de cadernos voltados para segmentos como turismo, automóveis, emprego e moda. Esse canal é feito para entrar em contato com você. Conecte-se a gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Entrar

Ou com Nome de Usuário

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Esqueceu a senha?

Digite os dados da sua conta e você receberá um link para resetar sua senha.

Seu link para resetar senha está expirado ou é inválido.

Entrar

Política de Privacidade

Adicionar à Coleção

Não Há Coleções

Aqui você vai encontrar todas as coleções que você criou antes.