Região

PBH distribuiu 3 milhões de cestas básicas em um ano de pandemia

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) distribuiu 3,1 milhões de cestas básicas desde o início da pandemia, há um ano. Em média, 275 mil famílias foram beneficiadas por mês com o programa social. Ao todo, foram distribuídas 60 mil toneladas de alimentos.

A medida foi uma ação emergencial da prefeitura para garantir alimentos para a população vulnerável da cidade em meio aos impactos econômicos e sociais causados pela Covid-19. O grupo de beneficiários é composto por famílias de estudantes matriculados na rede municipal de ensino. O objetivo é substituir a merenda no período de suspensão das aulas presenciais.

Além disso, também são atendidas famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica, como as inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais, catadores de materiais recicláveis, ambulantes, feirantes, entre outras categorias.

Em cada cesta, as famílias recebem arroz, açúcar, feijão, fubá de milho, dois tipos de macarrão, sal, óleo de soja, farinha de mandioca, leite em pó, extrato de tomate e sardinha.

Consulta para retirada da cesta de abril já pode ser feita

A partir deste sábado (3) os beneficiários das cestas básicas da PBH podem consultar as informações para a retirada dos produtos do mês de abril. Basta informar o número do CPF do responsável pelo cadastro ou matrícula. A plataforma indicará a data, horário, endereço da loja e o número do voucher, que deve ser apresentado junto com documento de identificação para a retirada da cesta e do kit com materiais de higiene pessoal e limpeza geral.

Durante a pandemia, foram entregues 520 mil kits de higiene pessoal e limpeza compostos por 19 itens: 8 sabonetes corporais, 2 litros de cloro concentrado para diluição e 10 sabões em barra multiuso.

Restaurantes Populares serviram 1,6 milhões de refeições

Durante a pandemia, os Restaurantes Populares passaram a funcionar aos finais de semana e feriados, oferecendo também refeições em marmitex. No total, foram mais de 1,6 milhões de refeições servidas.

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.




Fonte: Fonte: Jornal O Tempo

Jornal O Tempo

No mercado nacional de jornais impressos desde 1996, diariamente o jornal O TEMPO apresenta Minas, o Brasil e o mundo em uma cobertura de forte compromisso No mercado nacional de jornais impressos desde 1996, diariamente o jornal O TEMPO apresenta Minas, o Brasil e o mundo em uma cobertura de forte compromisso com o interesse do leitor. O periódico é composto por editorias que percorrem os diversos fatos do cotidiano da população, além de um conjunto de cadernos voltados para segmentos como turismo, automóveis, emprego e moda. Esse canal é feito para entrar em contato com você. Conecte-se a gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo