Região

Muriaé tem recorde de infecções por Covid-19 após acúmulo de testes – A Notícia Online

O boletim desta quarta-feira (7) registrou o recorde de novos casos confirmados de covid-19 em Muriaé desde o início da pandemia. Foram 176 novas infecções confirmadas através de exames e testes rápidos. É importante ressaltar, no entanto, que o índice se deve em grande parte ao acúmulo de resultados enviados por laboratórios particulares e farmácias da cidade.

Com isso, o número de pacientes ativos entre muriaeenses mais que dobrou nas últimas 24 horas. São também 176 nesta quarta, 92 a mais do que havia ontem. Há também outras 35 pessoas que moram em outras cidades, mas foram ou ainda estão sendo atendidas em instituições de Muriaé.

Os hospitais da cidade estão com 60 pessoas internadas com suspeita ou confirmação de covid-19. Deste total, 33 estão estão em leitos comuns e 27 em UTIS. Respiradores em utilização totalizam 11 no momento. Já a ocupação de UTIs públicas destinadas para tratamento de covid é de 72% – ou seja, seis dos 21 leitos de terapia intensiva credenciados ao SUS estão disponíveis.

Óbitos – A covid-19 também foi confirmada como causa da morte de quatro pacientes que estavam internados em hospitais de Muriaé. Dois deles eram moradores locais: um homem de 77 anos, que tinha hipertensão, e outro de 79 anos, que também sofria de pressão alta, além de insuficiência renal e diabetes.

Orientações sobre testagem – No dia 22 de dezembro de 2020, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais emitiu nota com orientações sobre a realização de testes para diagnóstico da covid-19 na rede pública do SUS. Desde então, as testagens do tipo RT-PCR devem ser feitas entre o terceiro e sétimo dias após início dos sintomas, com prioridade de coleta para os seguintes grupos:

– Casos graves hospitalizados
– Óbitos suspeitos
– Profissionais da saúde
– Profissionais de segurança pública
– Idosos com idade igual ou superior a 60 anos
– Pacientes com condições clínicas de risco
– Populações ou grupos sociais de alta vunerabilidade (indígenas, quilombolas, ciganos, circenses e pessoas em situação de rua)
– Indivíduos privados de liberdade
– Residentes em instituições de longa permanência
– Amostragem representativa de surtos em locais fechados (asilos, hospitais, etc), após avaliação e definição pelo CIEVS.
– Gestantes

Ainda conforme orientação do Estado, os testes rápidos do tipo IgG/IgM só podem ser utilizados a partir de 14 dias do início dos sintomas.

Os números de hoje (05/01/2021) foram retirados do sistema às 6h. Veja os dados completos:

MORADORES DE MURIAÉ
Total de confirmações: 5.505 (em relação ao boletim anterior: +176)
Pacientes ativos: 176 (em relação ao boletim anterior: +92)
Pacientes curados: 5.218 (em relação ao boletim anterior: +82)
Óbitos: 111 em relação ao boletim anterior: +02)
Em investigação (com exame): 116
Em monitoramento (sem exame): 34
Negativos: 7.057

MORADORES DE OUTRAS CIDADES ATENDIDOS EM MURIAÉ (estes números entram nas estatísticas das cidades de origem de cada paciente; a divulgação ocorre apenas a título de informação e transparência)
Total de confirmações: 517 (em relação ao boletim anterior: +15)
Pacientes ativos: 35 (em relação ao boletim anterior: +13)
Pacientes curados: 399 (em relação ao boletim anterior: sem alteração)
Óbitos: 83 (em relação ao boletim anterior: +02)
Em investigação (com exame): 19
Em monitoramento (sem exame): 05
Negativos: 774


Fonte: Fonte: A Notícia Online Muriaé

Mais

A Notícia Online Leopoldina

https://www.facebook.com/a.noticiamuriae

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Entrar

Ou com Nome de Usuário

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Esqueceu a senha?

Digite os dados da sua conta e você receberá um link para resetar sua senha.

Seu link para resetar senha está expirado ou é inválido.

Entrar

Política de Privacidade

Adicionar à Coleção

Não Há Coleções

Aqui você vai encontrar todas as coleções que você criou antes.