Região

Livros que contam a história de Cataguases são lançados na terça-feira

Na próxima terça-feira (7) será realizado um evento de lançamento dos livros “Cataguases Século XX/ antes & depois”, de Ronaldo Werneck, e “O Município de Cataguases”, cuja segunda edição foi organizada por Joaquim Branco.

A cerimônia será às 10h no Centro Cultural Eva Nil, localizado na Praça Governador Valadares, no Centro da cidade.

Segundo a Prefeitura, todos os protocolos de segurança serão seguidos, como o uso de máscara, a medição da temperatura e a disponibilização de álcool em gel.

‘Cataguases Século XX/ antes & depois’

Natural de Cataguases, o escritor Ronaldo Werneck sempre usou a cidade natal como assunto na hora de escrever poemas, crônicas, ensaios e memórias. Assim surgiu o livro “Cataguases Século XX/ antes & depois”, que conta a história da cidade ao longo dos dois últimos séculos.

Com capítulos abrangentes e um grande rol de fotografias, a obra mostra a evolução da cidade, os aspectos arquitetônicos e culturais e a marca por excelência do município.

O ex-secretário de Cultura de Minas Gerais e atual prefeito de Ouro Preto, Angelo Oswaldo, é quem escreve o prefácio da obra. Já o texto na orelha do livro é do cineasta Paulo Augusto Gomes.

Publicado pela Editora Tipograifa Musical, de São Paulo, “Cataguases Século XX/ antes & depois” teve o projeto aprovado pela Lei Estadual Aldir Blanc, 2020.

‘O Município de Cataguases’

O livro que será lançado na terça é a segunda edição de uma obra já publicada, no ano de 1908, por Arthur Vieira de Rezende e Silva e com a colaboração de Astolpho Vieira de Rezende. Um dos documentos mais importantes sobre a história de Cataguases é agora relançado, organizado por Joaquim Branco.

A história contada na obra começa pelos povoados indígenas, passa pela fundação da cidade e chega até a data da publicação original, em 1908. Além de textos e fotos, o livro conta também com quadros estatísticos sobre a época.

São abordados pontos como se fizeram as antigas ruas, praças e casas, o comércio e indústrias e como se davam as disputas políticas no município, além de outros aspectos.

Além de organizar a segunda edição de “O Município de Cataguases”, coube a Joaquim Branco a editoração do livro, que compreende a concepção da obra, redação das notas explicativas, atualização ortográfica, tradução de frases estrangeiras, estabelecimento do texto definitivo, revisão total e final.

A obra teve o Apoio Cultural da Sicoob-Coopemata, Grupo Energisa e Miba Industrial Berings Brasil.

VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campos das Vertentes


Fonte: G1 – Zona da Mata

Portal G1

Portal de Notícias da Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo