Região

Guarda Municipal interrompe festa clandestina com 200 pessoas em Betim

Evento em sítio foi anunciado na internet, cobrava ingressos e disponibilizava bebidas alcoólicas para os menores de idade

Com apoio da Polícia Militar, a Guarda Municipal interrompeu uma festa clandestina na área de sítios da Estância do Sereno, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. O evento reunia cerca de 200 pessoas, segundo a guarda, e foi surpreendido na noite dessa sexta-feira (8). Em fotografias compartilhadas pela prefeitura da cidade, é possível ver jovens sem máscara e aglomerados próximos a uma piscina. Eventos foram suspensos pela prefeitura desde a última terça-feira (5), e apenas reuniões familiares com até 24 pessoas e respeitando as normas sanitárias estão permitidas. 

“Na festa, que tinha começado há pouco tempo, só havia adolescentes e bebida alcoólica para consumo. Com a chegada das viaturas, a maioria das pessoas fugiu para o meio do mato”, explica o comandante da Guarda Municipal de Betim, Anderson Reis. A festa foi marcada pela internet e cobrava R$ 30 dos homens, com entrada liberada para as mulheres. Ela estava agendada para as 22h e os agentes de segurança chegaram pouco antes do início do evento. Festas com mais de 200 pessoas estão sujeitas a multa de R$ 46 mil. 

De acordo com o comandante, as pessoas flagradas no sítio eram menores de idade, mas os guardas conseguiram contato com os organziadores, que eram maiores. Como a festa ainda não havia começado oficialmente, a distribuição de bebidas alcoólicas ainda não havia começado e não houve detenções.

A polícia também flagrou um bar com lotação de pessoas em Betim na noite de sexta-feira e interrompeu as atividades do local. A partir deste sábado (9), os bares da cidade terão permissão para funcionar apenas até as 21h, ainda com venda de bebidas alcoólicas liberada. 

“Hoje, estamos com quatro equipes no município para cumprir as medidas de segurança e a cidade está sendo fiscalizada. Estaremos por toda a cidade à noite para verificar bares funcionando após as 21h”, completa Reis. A guarda também pretende abordar a organização de um casamento neste sábado, que foi denunciada à ouvidoria do município. O encontro está marcado para ocorrer no domingo (10) e receber mais de cem pessoas, e a expectativa dos agentes é interromper a movimentação já nos preparativos.  

Como denunciar 

Desde essa sexta, Betim ganhou mais dois canais para denunciar o descumprimento de normas sanitárias. Agora, a população pode fazer denúncias 24 horas pelo WhatsApp a partir dos números (31) 98644-7700 e (31) 99966-2480. A prefeitura pede que o denunciante envie vídeos ou fotos do local de denúncia, que serão mantidos em sigilo. 

Além do WhatsApp, as denúncias de irregularidades podem ser feitas por meio da Ouvidoria Municipal, nos telefones (31) 3512-3453 ou (31) 3512-3315 ou no e-mail faleouvidoria@betim.mg.gov.br.




Fonte: Fonte: Jornal O Tempo

Mais

Jornal O Tempo

No mercado nacional de jornais impressos desde 1996, diariamente o jornal O TEMPO apresenta Minas, o Brasil e o mundo em uma cobertura de forte compromisso No mercado nacional de jornais impressos desde 1996, diariamente o jornal O TEMPO apresenta Minas, o Brasil e o mundo em uma cobertura de forte compromisso com o interesse do leitor. O periódico é composto por editorias que percorrem os diversos fatos do cotidiano da população, além de um conjunto de cadernos voltados para segmentos como turismo, automóveis, emprego e moda. Esse canal é feito para entrar em contato com você. Conecte-se a gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Entrar

Ou com Nome de Usuário

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Esqueceu a senha?

Digite os dados da sua conta e você receberá um link para resetar sua senha.

Seu link para resetar senha está expirado ou é inválido.

Entrar

Política de Privacidade

Adicionar à Coleção

Não Há Coleções

Aqui você vai encontrar todas as coleções que você criou antes.