RegiãoRegião

Governador garante recomposição salarial de 13,05% aos servidores em fevereiro

Rio de Janeiro – RJ – 14/06/2021 – O Governador Cláudio Castro na assinatura de convênio entre a Secretária de Fazenda do Estado (SEFAZ) e a Agência Nacional de Petróleo (ANP).

Foto: Rafael Campos.

O governador Cláudio Castro e o presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT), alinharam nesta quarta-feira (12/01) a tão esperada correção salarial ao funcionalismo fluminense. Em conversa nesta manhã, ambos entraram em acordo para a implementação, já na folha de janeiro – que será paga em fevereiro -, da recomposição inflacionária de 13,05% aos servidores ativos, inativos e pensionistas do Estado.

O percentual corresponde à metade (50%) do IPCA acumulado entre 6 de setembro de 2017 e 31 de dezembro de 2021, que chegou a 26,11%, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), responsável pela divulgação do índice.

Além de atender a uma demanda das categorias, que aguardam pela reposição salarial desde 2014, a medida é fruto de diálogo com a Alerj e segue o que está previsto na Lei 9.436/21, sancionada pelo governador Cláudio Castro. O texto foi publicado em 15 de outubro de 2021 no Diário Oficial.

— Essa é mais uma conquista para todos os servidores civis e militares do nosso Estado, que esperam há anos por esse reconhecimento. A garantia da recomposição salarial, a antecipação dos pagamentos ao funcionalismo e todos os avanços que estamos conseguindo tirar do papel devem-se ao resultado de uma gestão responsável das finanças públicas — declarou o governador.




Fonte: Fonte: O Diário do Noroeste

Diário do Noroeste

O único jornal diário que cobre toda a região Noroeste Fluminense ! www.odiariodonoroeste.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo