Região

Educação Especial receberá investimento de quase R$ 9,5 milhões do governo do ES

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), investirá quase R$ 9,5 milhões em ações para a Educação Especial, sendo destinados recursos para a Reestruturação Física e Classe Hospitalar. A iniciativa faz parte do pacote de investimentos anunciado no dia 30 de agosto deste ano. 

Serão feitas aquisições de materiais pedagógicos e equipamentos de acessibilidade e de tecnologia assistiva para 427 escolas; aquisição de macas, cadeira de banho e cadeiras de rodas para 101 escolas; e aquisição de notebook para a utilização com estudantes nos atendimentos especializados, na sala de recursos e em sala de aula. O objetivo é garantir o direito do acesso, permanência e aprendizagem dos alunos da educação especial na escola, com investimento de R$ 9,36 milhões. 

Já para a classe hospitalar, serão feitas aquisições de materiais pedagógicos e equipamentos de acessibilidade e de tecnologia assistiva, que garantam aos estudantes o direito ao tratamento especial e a não interrupção do processo de escolarização, respeitando os limites impostos pela enfermidade e a rotina proposta durante o tratamento. É voltado para 300 estudantes dos diversos municípios, com investimento de R$ 172 mil. 

“O investimento anunciado foi um marco importante para a implementação da Política de Educação Especial do Estado do Espírito Santo, traduzindo a equidade na rede, o fortalecimento da aprendizagem dos estudantes público-alvo da educação especial, como também o cumprimento da Meta 4 do Plano Nacional e Estadual de Educação”, disse a gerente da Assessoria de Educação Especial da Secretaria da Educação, Geovanne Berger.

Além do investimento na revitalização das salas de recursos multifuncionais, o Estado dará uma atenção especial às classes hospitalares, que, atualmente, atendem em regime educacional hospitalar, a estudantes de todos os municípios do Estado, bem como de estados que fazem divisa. 

Paralelo a essa ação de investimento financeiro, a Assessoria de Educação Especial também está investindo em formação continuada de professores em atendimento educacional especializado, com oferta de dez mil vagas para os profissionais da Rede Estadual e municipal de Ensino. 

“O apoio é uma das ações estruturantes para a implementação da Política Estadual de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. É preciso promover boas práticas e ações de acessibilidade, para garantir a inclusão escolar dos alunos da educação especial matriculados em classes comuns de escolas regulares. Educação Inclusiva, só é possível ser efetivada 100%, se houver investimento financeiro e de formação aos profissionais que atuam na modalidade”, enfatizou Berger.




Fonte: Fonte: O Diário do Noroeste

Diário do Noroeste

O único jornal diário que cobre toda a região Noroeste Fluminense ! www.odiariodonoroeste.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo