Região

Covid-19: Juiz de Fora permanece na faixa vermelha pela terceira semana seguida

Em janeiro deste ano, a Prefeitura saiu do “Minas Consciente” e criou o programa municipal de retomada econômica, o “Juiz de Fora pela Vida”. Periodicamente, dados de casos confirmados do novo coronavírus, mortes e taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) são analisados. Após isso, a Administração define qual fase a cidade seguirá.

Até segunda-feira (7), a cidade tinha 87.888 notificações suspeitas, 34.501 casos confirmados e 1.674 óbitos pela doença. A taxa de UTI Covid-19 do Sistema Único de Saúde estava em 70,83%.

O que pode funcionar na faixa vermelha?

Na faixa vermelha, bares só podem funcionar por delivery. Já os restaurantes, das 8h às 20h, com o consumo de bebidas alcoólicas apenas nas mesas ou balcão. O self-service está proibido.

Veja abaixo outras regras:

  • As atividades esportivas coletivas não são permitidas;
  • Clubes podem funcionar de segunda a sexta-feira;
  • A prática de atividades físicas, como tênis e peteca, são permitidas com uma pessoa por lado na quadra;
  • Outras atividades como futevôlei também podem ser realizadas na modalidade e de treinamento, desde que respeitado o protocolo com uma pessoa por lado da quadra;
  • Cursos livres voltam a ter autorização de cinco alunos por aula.

Os encontros científicos, corporativos e outros de natureza comercial podem ocorrer, desde que sejam interditadas as pistas de dança e shows. O local deve operar com a capacidade máxima de 40 pessoas, mais 20% de staff, e limite de uma pessoa por m² e 30% da capacidade do espaço.

As reuniões devem ser autorizadas pela Secretaria de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas (Sesmaur) e o organizador e participantes devem assinar termos de ciência e compromisso.

Os encontros serão monitorados por uma comissão da Secretaria de Turismo (Setur), junto à entidade promotora.

VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campo das Vertentes


Fonte: G1 – Zona da Mata

Portal G1

Portal de Notícias da Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo