Região

Comerciantes protestam e pedem flexibilização das atividades do comércio em Campos dos Goytacazes

Cerca de 300 comerciantes protestam neste momento pelas ruas de Campos. Os manifestantes chegaram a bloquear a BR-101 e foram rumo à sede da prefeitura de Campos, mas não foram atendidos.

Representantes de associações como Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Associação Comercial e Industrial de Campos (ACIC), pedem que a prefeitura flexibilize as atividades do comércio, para evitar mais prejuízos.

O tráfego foi interrompido e apenas as ambulâncias são liberadas para passar pela rodovia federal. A polícia federal e a guarda municipal acompanham o protesto.

“O comércio de Campos que segue rigorosamente os protocolos de segurança no curso da pandemia, desde o ano passado, entra na terceira semana consecutiva fechado. Segundo os empresários isso é o suficiente para fechar definitivamente cerca de 30% dos estabelecimentos comerciais provocando mais de 20 mil demissões”, disse em nota a CDL.

A decisão de continuar com o comércio fechado foi tomada pela prefeitura após a reunião do Gabinete de Crise da Covid-19, onde autoridades médicas relataram mais uma vez o colapso da saúde, inclusive com pacientes precisando dividir respiradores, oxigênio e até cadeiras. O município também está enfrentando dificuldades para adquirir oxigênio para os pacientes internados.

Nesta terça feira (6), a fila de pacientes aguardando entre leitos clínicos da Covid-19 e UTI é de 40 pessoas.




Fonte: Fonte: O Diário do Noroeste

Diário do Noroeste

O único jornal diário que cobre toda a região Noroeste Fluminense ! www.odiariodonoroeste.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo