Região

Acusado de estupro contra crianças em Miracema é preso em Diamantina – Serra News

Foi preso na manhã desta segunda-feira (13/9), na cidade histórica de Diamantina, em Minas Gerais, o ex-tesoureiro da Câmara de Vereadores de Miracema, Moisés Alves de Matos, de 44 anos, acusado de pedofilia e estupro de vulnerável, contra três crianças no município do Noroeste Fluminense.

A informação foi confirmada pelo delegado Gésner César Bruno, titular da 137ª DP, que comandou as investigações e representou contra a prisão preventiva do suspeito, desde o dia 09 de agosto se encontrava foragido.

O Portal dos Procurados chegou divulgar um cartaz para ajudar nas investigações contra o ex-tesoureiro Moises Alves de Matos. Ele é alvo de investigações da Polícia Civil por ser principal suspeito do crime de estupro de vulnerável contra duas crianças – uma menina de 11 anos e um menino de 8 anos – e de uma terceira de 12 anos, após a própria mãe da menina levá-la a um motel da cidade, para que os abusos acontecessem.

Portal dos Procurados busca paradeiro de acusado de estuprar três crianças em Miracema

Com as duas primeiras crianças de 8 e 11 anos, segundo as investigações, o crime aconteceu durante a noite da sexta-feira 6 de agosto, em um motel no município de Miracema, entre 20h e 21h. Moises teria oferecido dinheiro às vítimas e pedido para que elas se escondessem atrás do banco do carro para poderem entrar no local. Ainda segundo investigações, o próprio homem teria pedido para a criança filmar o ato em seu celular.

A terceira vítima de 12 anos, a mãe foi presa em Miracema, após ser cúmplice do estupro da própria filha. Segundo a polícia, para entregar a criança, a mulher recebeu dinheiro do criminoso. A mãe da menina foi quem a levou no motel para que os abusos acontecessem. A criança era ameaçada pela mãe para que não contasse os estupros. Ainda de acordo com a polícia, a mãe dizia que iria agredir a menina e mandar matar os avós dela.

Moises: Polícia revela nova vítima de estuprador e prende mãe em Miracema

“As investigações apontam que este não foi um fato isolado e que outras crianças podem ter sido vítimas de Moises, em outras ocasiões. Pedimos que os responsáveis procurem a delegacia em caso de suspeita, sendo que a intimidade dos pais e das crianças será preservada”, acrescentou o delegado.

Contra Moises Alves, foram expedidos dois mandados de prisão, sendo uma Temporária, pelo crime de: Estupro de Vulnerável (Art. 217-a – Cp), e uma Preventiva pelo crime de: Estupro de Vulnerável (Art. 217-a – Cp); Violência Doméstica Contra a Mulher (Art. 7º, Lei 11340/06); Satisfação de Lascívia Mediante Presença de Criança Ou Adolescente (Art. 218-a, Cp), respectivamente pela 2ª Vara Criminal de Miracema e Juizado Especial Adjunto Criminal Comarca de Miracema.

Tesoureiro da Câmara de Miracema está foragido por estupro contra duas crianças




Fonte: Fonte: Serra News

Serra News

O portal Serra News traz com credibilidade e dinamismo as principais notícias das cidades da região serrana e do interior do estado do Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo