NoticiasRegião

Com crise hídrica, tarifa da bandeira vermelha 2 deve subir mais de 20% – SF Notícias

A crise hídrica enfrentada pelo Brasil neste ano já permite estimar uma alta de pelo menos 5% nas contas de luz em 2022, segundo o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone. A Aneel apresentou nesta terça-feira (15/06), em audiência pública da Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados, as principais ações que está tomando para garantir a segurança do suprimento de energia elétrica este ano, tendo em vista a piora do cenário hídrico, que reduz a oferta de energia das usinas hidrelétricas. Algumas mudanças devem encarecer a conta de luz nas próximas semanas, incluindo um aumento de mais de 20% na bandeira tarifária mais alta – que está em vigor atualmente e já adiciona R$ 6,24 na conta para cada 100 kWh consumidos ao mês.

O aumento nos preços da energia está relacionado com o maior acionamento das usinas termelétricas (mais caras) para suprir uma queda de geração das usinas hidrelétricas, visto que o Brasil enfrenta a pior estiagem dos últimos 91 anos, segundo o Governo. Outra elevação nas faturas domésticas deve entrar em vigor já nas próximas semanas. O diretor-geral da Aneel informou que o reajuste das bandeiras tarifárias vigentes deve ultrapassar os 20%, decisão que deve ser divulgada ainda neste mês.

O reajuste das bandeiras estava previsto, mas terá de ser ainda maior diante do cenário. Na audiência, Pepitone deixou claro que o reajuste de 20% atinge apenas as bandeiras, e não o valor total das faturas. “Não é a tarifa que vai subir 20%. Nós estamos conseguimos fazer com que os aumentos que estão ocorrendo neste ano fiquem na casa de 7%, 7,5%”, explicou. Com o reajuste, que deve entrar em vigor nas próximas semanas, a bandeira vermelha patamar 2 custará mais de R$ 7 a cada 100 kWh de energia consumidos, segundo Pepitone.

Com informações do portal G1


Leia a Notícia Completa no site fonte: SF Notícias

SF Notícias

Os principais acontecimentos das regiões Norte, Noroeste e Serrana do Estado do Rio. Uma Sociedade forte precisa estar bem informada. Notícias sobre eventos, projetos e/ou programas de ação social, saúde, educação, cultura, meio ambiente, segurança, trabalho, esporte e lazer entre outras. obs.: não possuímos nenhum tipo de vínculo com quaisquer esfera governamental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo