Esporte

Jairzinho nocauteia Augusto Sakai na luta principal do UFC Vegas 28; Gregory Rodrigues ‘salva’ o Brasil em noite ruim

O UFC Vegas 28, realizado na noite deste sábado (5), em Las Vegas (EUA), foi um dos piores dos últimos tempos para os brasileiros em termos de aproveitamento. Ao todo, seis lutadores do país entraram em ação, mas apenas o estreante Gregory Rodrigues conseguiu vencer. Na luta principal, pela divisão dos pesados, Jairzinho Rozenstruik derrotou Augusto Sakai por nocaute técnico no último segundo do primeiro round.

Já no co-main event, também pela categoria até 120kg e com um nocaute técnico, Marcin Tybura superou Walt Harris após uma grande reviravolta. O triunfo foi o quinto seguido do polonês.

Jairzinho nocauteia Augusto Sakai

A luta principal da noite colocou frente a frente dois atletas em busca de recuperação. Enquanto Jairzinho Rozenstruik vinha de derrota para Ciryl Gane, em fevereiro, Augusto Sakai perdeu para Alistair Overeem, em setembro do ano passado. E no fim, quem levou a melhor e reencontrou o caminho das vitórias foi o surinamês. Faltando 10s para o encerramento do primeiro round, Jairzinho encaixou uma boa combinação de socos no brasileiro e forçou a interrupção do árbitro central, literalmente, no último segundo da parcial.

Gregory estreia com boa vitória

Fazendo a sua estreia no UFC, o brasileiro Gregory Rodrigues – que veio do LFA como campeão peso-médio – adotou um tom de cautela, mas não deixou de tomar a iniciativa diante de Dusko Todorovic, que famoso por atuar com a guarda baixa, “assustou” diversas vezes ao desviar dos golpes do “Robocop”.

Mais solto no segundo round, Gregory conseguiu uma queda, mas não foi capaz de manter o montenegrino no chão, com ambos trocando em pé durante o assalto. Já no terceiro round, o brasileiro seguiu se movimentando e, sem dar espaços para Todorovic, estreou com importante triunfo por decisão unânime.

Lipski perde a segunda por nocaute

Alçado ao card principal após a luta entre Antônio Arroyo e Tom Breese ser retirada do evento de última hora depois que o inglês passou mal no vestiário, o embate Montana de la Rosa x Ariane Lispki, válido pela divisão dos moscas, contou com amplo domínio da americana, que levou a melhor por nocaute técnico no segundo assalto e voltou a vencer após um empate contra Mayra Bueno e um revés para Vivi Araújo, duas brasileiras.

Ainda no primeiro round, Montana apostou no ground and pound e, com uma cotovelada, abriu um profundo corte no supercílio da brasileira, que sangrou bastante. No retorno do confronto, nova queda e mais pressão da americana até a interrupção do árbitro. Lipski, por sua vez, perdeu a segunda seguida.

Ponzinibbio vence em grande virada

De virada, Santiago Ponzinibbio reencontrou o caminho das vitórias no Ultimate. No melhor duelo do evento, o argentino sofreu com os chutes baixos de Miguel Baeza no primeiro round, mas nos assaltos seguintes, impôs seu Boxe afiado, castigou o americano e levou o triunfo por unanimidade.

Compatriota de Ponzinibbio, o também argentino Laureano Staropoli não teve a mesma sorte. Em embate contra Roman Dolidze, o atleta da Chute Boxe Diego Lima viu seu adversário usar e abusar da luta agarrada, e em disputa monótona, vencer por decisão unânime dos jurados.

Massaranduba perde guerra contra russo

Visivelmente mais forte em relação ao peso-leve, Francisco Massaranduba estreou com bastante vontade na divisão dos meio-médios, apesar de não ter ficado com o triunfo. O brasileiro resistiu aos ataques de Muslim Salikhov, respondeu, mas não foi capaz de superar o russo, que melhor, venceu.

O confronto foi daqueles de tirar o fôlego do fã de MMA, com os dois lutadores indo para a trocação franca do primeiro ao último round. O russo conectou os melhores golpes, e Massaranduba, famoso por sua mão pesada, contragolpeava com pressão em busca do nocaute. No terceiro assalto, uma dedada não intencional do brasileiro no olho de Salikhov quase encerrou o combate de forma prematura, mas o meio-médio russo, mostrando garra, retornou e foi até o fim para anotar sua quinta vitória consecutiva no Ultimate.

Golpe ilegal interrompe luta de Nuguette

Em busca de recuperação, o peso-leve Alan Nuguette não conseguiu o triunfo, mas “saiu no lucro” no UFC Vegas 28. O brasileiro estava levando a pior contra Mason Jones até que, no segundo round, o galês acertou uma dedada não intencional no olho de Alan. O brasileiro não teve condições de retornar e, por conta do golpe ilegal – sem intenção -, o árbitro encerrou o duelo e declarou “No Contest” (luta sem resultado). O desfecho aumenta o momento ruim de Nuguette, que antes vinha de duas derrotas, enquanto Mason Jones segue sem vencer na organização após ser derrotado por Mike Davis na sua estreia.

Tabatha se esforça, mas estreia com revés

Convocada apenas três dias antes do evento para substituir Maryna Moroz em uma categoria acima da sua, no peso-mosca, a brasileira Tabatha Ricci aceitou o desafio e, apesar da derrota para Manon Fiorot, mostrou que tem futuro em sua estreia no Ultimate, com 26 anos de idade.

Original do peso-palha, Tabatha sofreu com a diferença de tamanho em relação à francesa, que aproveitou bem sua maior envergadura. A brasileira até resistiu, tentou encurtar a distância, mas no segundo round uma sequência certeira de Fiorot deu números finais à disputa. Antes invicta, com cinco triunfos, Ricci conheceu a primeira derrota no MMA profissional. Já Manon somou sua segunda vitória em duas lutas na organização.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Vegas 28
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 5 de junho de 2021

Card principal
Jairzinho Rozenstruik derrotou Augusto Sakai por nocaute técnico no 1R
Marcin Tybura derrotou Walt Harris por nocaute técnico no 2R
Roman Dolidze derrotou Laureano Staropoli por decisão unânime dos jurados
Santiago Ponzinibbio derrotou Miguel Baeza por decisão unânime dos jurados
Gregory Rodrigues derrotou Dusko Todorovic por decisão unânime dos jurados
Montana de la Rosa derrotou Ariane Lispki por nocaute técnico no 2R

Card preliminar
Ilir Latifi derrotou Tanner Boser por decisão dividida dos jurados
Muslim Salikhov derrotou Massaranduba por decisão unânime dos jurados
Kamuela Kirk derrotou Makwan Amirkhani por decisão unânime dos jurados
Alan Nuguette x Mason Jones terminou em “No Contest” (sem resultado)
Manon Fiorot derrotou Tabatha Ricci por nocaute técnico no 2R
Sean Woodson derrotou Youssef Zalal por decisão dividida dos jurados
Claudio Puelles derrotou Jordan Leavitt por decisão unânime dos jurados




Fonte: Fonte: Jornal Extra

Jornal Extra

Notícias sobre empregos, polícia, famosos, TV, futebol e Rio de Janeiro. Leia mais: http://extra.globo.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também
Fechar
Botão Voltar ao topo