Casos de Polícia

Integrante de cartel colombiano de drogas é preso no Rio

Um colombiano foi preso nesse sábado por policiais da 24ª DP (Piedade) em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Segundo informações da Polícia Civil, Luiz Alberto Martinez Gracia, o Lucho, é traficante internacional de drogas e responsável por trazer para o Brasil skunk, um tipo de maconha com efeitos mais potentes e também mais cara.

Pirâmide financeira: Investidores entram na Justiça contra ‘faraó dos bitcoins’ pedindo devolução dos valores aplicados

O colombiano foi abordado em um carro quando saía de uma residência em São Gonçalo e ia para o Rio de Janeiro. Ele foi capturado em um dos acessos da Ponte Rio-Niterói, próximo ao bairro Porto da Pedra, também em São Gonçalo. Durante revista, os policiais encontraram diversos tabletes da droga – chamada de “Skunk Colômbia Gold” – embalados em sacos no porta-malas do veículo.

Apreensão encontrada na residência onde “Lucho” estava, em São Gonçalo Foto: Divulgação

Alguns policiais seguiram para a casa de onde Lucho saiu, em São Gonçalo e encontraram outros tabletes de skunk, uma balança de precisão, cadernos de anotação com movimentação do tráfico, etiquetas para endolação das drogas e dinheiro. Na residência estava um homem, apontado pela polícia como comparsa do colombiano, que também foi preso.

Caso de polícia: Policiais militares apreendem equipamentos clandestinos de TV e internet no Andaraí

No total, os agentes apreenderam cerca de 20 quilos da droga, que seriam revendidos por R$ 8 mil o quilo. O lucro final com a comercialização do entorpecente seria R$ 160 mil. O colombiano foi autuado por tráfico de drogas.

Segundo a Polícia Civil, Lucho integra um cartel de drogas na Colômbia e é responsável por escoar os entorpecentes pelo estado do Amazonas em rotas fluviais até o Rio de Janeiro, onde a mercadoria é transportada por meio de rodovias. Ainda segundo os agentes, o homem já foi condenado a 17 anos de prisão por traficar drogas pela Justiça do estado do Amazonas. Na época do fato, ele foi capturado no bairro Copacabana, Zona Sul do Rio e ficou preso por nove anos.




Fonte: Fonte: Jornal Extra

Jornal Extra

Notícias sobre empregos, polícia, famosos, TV, futebol e Rio de Janeiro. Leia mais: http://extra.globo.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo